Quarta-feira, 30 de Maio de 2007
Hino à Criança

Tens espadas e espingardas

Que disparas sem matar,

Tens aviões e granadas

Que lanças sempre a brincar.

Tens navios , tens canhões;

Feliz batalha naval;

Tens máscaras que só pões

Quando chega o carnaval.

Sofres por cada mendigo,

Tens amor ao semelhante;

Dos animais és amigo,

Da natureza és amante.

Criança de alma sã,

De olhar meigo e profundo,

És o homem de amanhã

esperança de um novo mundo.



publicado por bobone1 às 15:40
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De gata_loira a 21 de Junho de 2007 às 15:19
ivone conseguiste alcançar os teus objectivos estás de parabéns pelo teu trabalho que fizeste. está muito giro.


De Paulo Faria a 30 de Março de 2008 às 23:09
Só falta o autor do texto!


Comentar post

.mais sobre mim
.Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Auto da Barca do Inferno ...

. Hoje

. Leitura

. O Medo do Anjo

. Medo

. Solidão

. Rotineiro

. Poema

. Poema

. Trilogia da Erança

.arquivos

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds